Cultura Acadêmica

Existem 50 usuários on-line.

Ciência da Informação
versão digital (ebook)
Indexação de livros, A
a percepção de catalogadores e usuários de bibliotecas universitárias

Fujita, Mariângela Spotti Lopes (Organizador)

Sinopse

Por que é importante investigar a indexação durante a catalogação? A resposta é que, por meio de tal procedimento, é possível conhecer as realidades de bibliotecários e usuários. A pesquisa apresentada neste livro se destaca por dois motivos: trata-se de um trabalho coletivo, com objetivos, fundamentação teórica e metodológica comuns; adota uma abordagem sociocognitiva que não só evidencia a tarefa de indexação de assuntos na catalogação de livros por catalogadores, como também privilegia e entrelaça as diferentes visões dos usuários do catálogo, discentes, docentes, pesquisadores, bibliotecários de referência e dirigentes de bibliotecas - grupos que fazem parte do contexto sociocognitivo dos catalogadores, pois são usuários dos resultados da tarefa que realizam. Esta é uma obra de referência para os profissionais de biblioteconomia.

Comprar
Preço:
R$15,00


ISBN: 9788579830150
Assunto: Ciência da Informação
Páginas: 154
Ano: 2009
Sobre o autor
Mariângela Spotti Lopes Fujita

Concluiu o doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo em 1992 e realizou os concursos de livre-docência em Análise Documentária e Linguagens Documentária Alfabéticas pela Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP/campus de Marília em 2003 e de titular em Leitura Documentária e Indexação em 2010. Atualmente, é professora titular do Departamento de Ciência da Informação da UNESP na linha de pesquisa “Produção e Organização da Informação” com enfoque na Indexação e Linguagens de Indexação. É pró-reitora de Extensão Universitária na UNESP. Na Pós-Graduação, é docente credenciada como orientadora e pesquisadora atuando na linha de pesquisa “Produção e Organização da Informação” do Programa em Ciência da Informação (PPGCI) da UNESP. Como pesquisadora, atua nos grupos de pesquisa “Análise Documentária” (líder desde 1993), TEMMA (membro desde 1993) e “Organização do conhecimento para recuperação da informação” (membro desde 2006). Desenvolve atividades de pesquisa na UNESP com bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq nível 1C. É membro das sociedades científicas de sua especialidade: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (Ancib) e do Capítulo Brasileiro e no exterior da International Society for Knowledge Organization (Isko). É assessora do Comitê de Área de Comunicação, Artes e Ciência da Informação do CNPq.