Cultura Acadêmica

Existem 171 usuários on-line.

Relações Internacionais


versão digital (ebook)impressão sob demanda
Caso Rushdie
Direitos humanos e islamismo como instrumentos do conflito

Chaves, Luana Hordones

Sinopse

Quando o romance Os versos satânicos, do escritor indo-britânico Salman Rushdie, foi publicado na Inglaterra em 1988, criou-se uma grande controvérsia, que se espalhou pelo Ocidente e países de maioria islâmica. O episódio, que revelou de forma contundente a oposição entre os fundamentos ético-morais islâmicos e os do Ocidente e provocou graves conflitos político-econômicos envolvendo tanto as potências ocidentais como nações do Oriente, é o ponto de partida deste estudo de Luana Hordones Chaves.
Apesar de se tratar de uma obra de ficção, ao retratar o profeta Maomé e personagens da religião islâmica de forma desrespeitosa, o livro provocou revolta no mundo muçulmano e mesmo na Inglaterra, onde foi queimado em praça pública em protesto contra as leis inglesas, que ate então puniam a blasfêmia contra o Cristianismo.
Manifestações contra a publicação foram observadas no Paquistão, Turquia e Índia. Mas no Irã, a reação atingiu o ápice, quando o aiatolá Khomeini, presidente da República Islâmica do Irã, mesmo sem recorrer às leis do islamismo para justificar sua decisão, decretou sentença de morte ao escritor e a todos os que estavam envolvidos com o livro, sob acusação de blasfêmia. A fatwa (decreto) do líder iraniano provocou o rompimento de relações diplomáticas da Inglaterra com o Irã e foi condenada pela Conferência Islâmica por 44 dos 45 países participantes.
Se por um lado a sentença de morte de Rushdie é carregada de referências à lei islâmica e aos valores e concepção de vida próprios da religião, por outro, as potências ocidentais condenaram a fatwa com base nos direitos à vida e de liberdade de expressão garantidos pelos Direitos Humanos.
A autora analisa as relações entre Islamismo e Direitos Humanos e entre Ocidente e Oriente, as quais perpassam a relação entre religião e modernidade. E conclui a obra com um amplo debate sobre a questão da universalidade dos preceitos contidos nos Direitos Humanos, tendo em vista a interculturalidade.

ISBN: 9788579834844
Assunto: Relações Internacionais
Formato: 14 x 21
Páginas: 276
Edição:
Ano: 2013
Sobre o autor
Luana Hordones Chaves

É bacharel em Relações Internacionais e mestre em Ciências Sociais pela Unesp. É doutoranda em Sociologia pela UFMG.

outras obras deste autor:

O autor não possui outras obras cadastradas.