Cultura Acadêmica

Existem 2281 usuários on-line.

Linguística



Semiótica: identidade e diálogos

Lopes, Ivã Carlos (Organizador); Portela, Jean Cristtus (Organizador); Schwartzmann, Matheus Nogueira (Organizador) e Beividas, Waldir (Organizador)

Sinopse

Desde sua origem em meados dos anos 1960, a Semiótica discursiva, devido ao seu interesse pelas linguagens humanas em geral, já estabelecia os diálogos mais diversos com as ciências da linguagem e com as ciências exatas. Nas duas últimas décadas, retomou-se em Semiótica, especialmente no Brasil, um movimento de franca abertura que, sem negar sua identidade primeira, busca no diálogo com as demais teorias do discurso e com as ciências humanas a medida da alteridade necessária à reflexão sobre as linguagens e as práticas humanas. No que diz respeito à identidade da Semiótica, reunimos nesta obra trabalhos que abordam a teoria pelos vieses epistemológico e metodológico, tanto do ponto de vista da história  da teoria quanto de sua prática corrente. Já no que diz respeito aos diálogos possíveis, selecionamos trabalhos de caráter interdisciplinar que dialogam direta ou indiretamente com outras disciplinas ou que tratam semioticamente de seus objetos e problemas de interesse.

Comprar
Preço:
R$35,00


ISBN: 9788579833076
Assunto: Linguística
Formato: 14 x 21
Páginas: 268
Edição:
Ano: 2012
Sobre os autores
Ivã Carlos Lopes

 

Professor do Departamento de Linguística e do Programa de Pós-graduação em Semiótica e Linguística Geral da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.



Jean Cristtus Portela

Professor do Departamento de Ciências Humanas da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, campus de Bauru (SP), e do Programa de Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Faculdade de Ciências e Letras da mesma universidade, no campus de Araraquara (SP).



Matheus Nogueira Schwartzmann

 

Professor do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade de Franca.



Waldir Beividas

 

Professor do Departamento de Linguística e do Programa de Pós-graduação em Semiótica e Linguística Geral da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq (Nível 2).